Planejando sua monografia - Planejando sua monografia
 

Orientando
no desenvolvimento
  do seu trabalho acadêmico
Página inicial Livros Orçamento Gratuito Formas de Pagamento Dicas Modelos para Baixar Normas ABNT Fale Conosco

  Plantão:


Nosso endereço de msn:
pedido@trabalhosemonografias.com.br


Novo Telefone de Contato
(41) 3941.4502

Dicas

Planejando sua monografia

Fases de desenvolvimento de monografias

O desenvolvimento de toda monografia segue etapas logicamente encadeadas. Inicialmente, conforme se observa na figura 1, ocorre à definição do assunto a ser abordado com o uso de termos:

  • escolha de um assunto ou tema;
  • delimitação do assunto;
  • estudo exploratório;

Etapas de uma monografia



Na definição do assunto, de acordo com o capítulo 2, ocorre à escolha de um tema digno de estudo, com o levantamento prévio da bibliografia relacionada, de forma a viabilizar a própria escolha do assunto. Este levantamento prévio pode ser feito nas fontes bibliográficas convencionais, como bibliotecas e acervos técnicos, e também na Internet.

O interesse do aluno por um tema que mereça ser desenvolvido na forma de monografia surge das mais diferentes maneiras, dentre elas:

  • em função de seu trabalho;
  • momento profissional em que se encontra (mudança de emprego, por exemplo);
  • leitura de livros e artigos de revistas especializadas de sua área de interesse;
  • consultas a catálogos de teses, dissertações e monografias em geral, disponibilizadas de forma convencional nas bibliotecas e via Internet;
  • leituras de mensagens/artigos de “lista de distribuição” – mailing list na Internet;
  • troca de mensagem via Internet;
  • informações obtidas via Internet sobre livros e demais publicações disponibilizados por livrarias e bibliotecas acadêmicas on line;
  • dados e informações obtidos em home pages/sites da Internet.

Posteriormente, é feita uma análise preliminar da monografia, com eventual suporte do professor orientador. Atividades voltadas para delimitação do assunto e o estudo exploratório dessa fase de definição do assunto serão tratadas no capitulo 2. Esta fase é exaustivamente explorada pelas obras que versam sobre metodologia científica.

A seguir, desenvolve-se o anteprojeto (em termos práticos, seria uma espécie de rascunho do trabalho final/monografia), conforme descrito nos capítulos 3, 4, ou 5 (de acordo com o tipo de monografia), para apresentação ao professor orientador, quando a instituição de ensino exigir a participação do mesmo. As monografias devem ser enquadradas e tipificadas em uma das três categorias recomendadas, quais sejam:

  • monografia de análise teórica;
  • monografia de análise teórico-empírica;
  • monografia de estudo de caso.

Neste momento organizam-se as fontes bibliográficas disponíveis. Este levantamento pode ocorrer nas fontes bibliográficas convencionais, bibliotecas e acervos técnicos, e na Internet. O produto final desta fase é o plano detalhado da monografia.

Uma vez viabilizado e aprovado previamente pelo professor orientador, o trabalho entra em desenvolvimento do projeto final (seria o rascunho/anteprojeto passado a limpo), que é a elaboração da monografia propriamente dita. Neste momento de forma análoga à fase de anteprojeto, faz-se um levantamento complementar detalhado das fontes bibliográficas disponíveis. Esta fase compreende, inclusive, a edição/ editoração e encadernação do trabalho (relatório final). O produto final desta fase é a própria monografia.

À fase de projeto final devidamente aprovado pelo professor orientador, segue-se a apresentação da monografia, ou defesa em banca examinadora, quando assim exigir a instituição de ensino a que pertence o aluno.

A avaliação da monografia pelos professores integrantes da banca examinadora, quando houver, normalmente ocorre com a aplicação dos seguintes parâmetros de análise:

  • clareza do(s) objetivos(s) propostos(s) pelo trabalho;
  • delimitação do problema a ser investigado;
  • coerência entre objetivo(s) e o conteúdo do trabalho (proposta versus texto desenvolvido);
  • tratamento metodológico;
  • fundamentação teórica;
  • adequação da linguagem;
  • normas da ABNT aplicáveis ao desenvolvimento da monografia;
  • argumentação e participação na apresentação oral.

Estes critérios de avaliação, à exceção do último item, além de referenciais para a preparação da defesa da monografia em banca podem servir como elementos balizadores do desenvolvimento da monografia.

O aluno deve procurar obter informações sobre os critérios de avaliação que a instituição de ensino adota para proceder a uma auto-avaliação antes da entrega da monografia.

Plano da Monografia

O plano da monografia, no relatório do planejamento da monografia, depende das exigências da instituição de ensino à qual pertence o aluno. No caso de estágio supervisionado, regulamentado por legislação federal, o plano de estágio é tratado no capítulo 6 desta obra.

Para as monografias em geral, sugere-se a escolha de um dos dois tipos de planos descritos a seguir.

A primeira possibilidade é que o plano da monografia seja desenvolvido de forma mais detalhada, de tal modo que seja o próprio anteprojeto, conforme explicitado do capítulo 3, se for o caso de monografia de análise teórica (ou capítulos 4 ou 5, se for o caso de monografia de análise teórico- empírica ou monografia de estudo de caso, respectivamente).

Uma segunda alternativa é que o plano da monografia seja simplificada, observando-se praticamente a mesma estrutura do trabalho final. Sugere-se que seja adotada esta forma de planejamento de monografia quando a instituição de ensino não estabelecer nenhuma regulamentação rígida a respeito.

Ambas as alternativas de elaboração de um plano para desenvolvimento pode incluir ainda elementos complementares, tais como:

  • cronograma contendo as principais atividades inerentes ao trabalho;
  • dimensionamento dos recursos humanos e materiais necessários;
  • orçamento correspondente aos recursos a serem alocados ao trabalho.

No caso de o aluno utilizar cronograma, devem-se identificar as etapas de desenvolvimento da monografia, conforme explicitado na figura 1, deste capitulo. Ou seja, sugere-se que o cronograma contenha as seguintes etapas:

  • definição do objetivo e levantamento preliminar da bibliografia referente ao tema (formulário para a definição do plano da monografia parcialmente preenchido);
  • delimitação do assunto e estudo exploratório (preenchimento dos demais campos de formulários para a definição do plano da monografia): sujeito, objeto, sujeito e objeto delimitado, (título e tipo de monografia):
  • anteprojeto na forma de relatório preliminar da monografia;
  • entrega de relatório preliminar do anteprojeto da monografia;
  • projeto final na forma de relatório definitivo da monografia;
  • entrega de relatório definitivo da monografia (projeto final) e defesa da monografia (quando for o caso).

Este planejamento pode ser consolidado no seguinte formulário (em linhas gerais é uma síntese do anteprojeto):

Formulário para definição do plano da monografia

DEFINIÇÃO DO PLANO DE MONOGRAFIA
Nome do Aluno
Sujeito
Objetivo
Sujeito e Objeto Delimitado
Título da Monografia
Bibliografia
Objetivo
Tipo de Monografia
( ) Análise Teórica ( ) Análise teórico - empírica ( ) Estudo de caso

No campo sujeito deve ser explicitado o universo de referência, enquanto no campo objeto deve ser descrito o tema propriamente dito. Da mesma forma que o campo sujeito e objeto delimitado fixa e delimita a extensão desses dois elementos.

O campo título de monografia, que deve ser atribuído de forma preliminar (sem preocupação de ser definitivo), é definitivo por decorrência natural das definições dadas nos campos anteriores do formulário.

Já no campo bibliografia deve-se relacionar as fontes bibliográficas vinculadas ao assunto.

No campo objetivo deve ser descrito o problema de interesse do aluno, por exemplo: “resolver a deficiência do pessoal em termos de falta de capacitação profissional”. Pode conter, de forma acessória e complementar (o que é necessário apenas nos casos de maior rigor metodológico), a pergunta de pesquisa (problematização) e hipóteses.

No campo tipo monografia deve ser assinalado um dos três tipos de monografia metodologicamente recomendados neste livro.

Para facilitar a definição do objetivo da monografia, podem ser incluídos no verso do formulário os seguintes dados:

  • descrição da atual posição do aluno em sua organização/empresa, natureza de seus trabalhos e suas respectivas responsabilidades;
  • anotação de até três assuntos que poderiam ser objeto de uma monografia.
Todos os elementos do formulário são abordados no capitulo 2, “escolha de um assunto ou tema”, na parte II desta obra.

Exemplo de definição de planos de monografia

DEFINIÇÃO DO PLANO DE MONOGRAFIA
Nome do Aluno
Allana Zanella
Objetivo

Apresentar os elementos necessários para auxiliar o gestor a tomar decisões relativas a outras empresas e, principalmente, em relação à sua própria organização.
Bibliografia

BRIMSON, James A. Activity accounting: activity-based costing approach. New York: John Wiley Press, 1998.
COOPER, R. Cost classification in quit-based and activity-based manufacturing cost systems. Journal of Cost Management. Boston: Fall 1999.
Sujeito

Indicadores contábeis e financeiros.
Objeto

Nível estratégico.
Sujeito e Objeto delimitado

Indicadores contábeis e financeiros de nível estratégico.
Título de Monografia

Indicadores contábeis e financeiros de nível estratégico aplicáveis a micro, pequenas e medias empresas.
Tipo de Monografia
( x ) Análise teórica ( ) Análise teórico-empírica ( ) Estudo de caso
 
DEFINIÇÃO DO PLANO DE MONOGRAFIA
Nome do Aluno
Rosane Zanella
Objetivo

Conscientizar os administradores de organizações que praticam transações eletrônicas do tipo e-commerce, comercio via Internet, quanto à necessidade de implementarem sistemas e tecnologias da informação, observando regras de segurança física e lógica para proteção dos dados transacionado.
Bibliografia

CORNER, P. D. ; KINICKI, A. J. Integrating organizational and individual information processing on choice. New York: Organizational and information Technology. 1999.
Sujeito

Empresas que utilizam o comércio eletrônico.
Objeto

Sensibilização dos gestores.
Sujeito e Objeto delimitado

Sensibilização dos gestores de Empresas que utilizam o comércio eletrônico.
Título de Monografia

Sensibilização dos gestores de Empresas que utilizam o comércio eletrônico via Internet, quanto à segurança de dados.
Tipo de Monografia
( ) Análise teórica ( x ) Análise teórico-empírica ( ) Estudo de caso
 
DEFINIÇÃO DO PLANO DE MONOGRAFIA
Nome do Aluno
Allan Zanella
Objetivo

Desenvolver um diagnostico organizacional visando a estabelecer uma compreensão sobre as possibilidades de utilização de técnicas de pesquisas de mercado em instituições de ensino superior.
Bibliografia

MENDES, G. Gestão de instituições de ensino. 3. ed. Rio de Janeiro: FGV, 2002.
Sujeito

Instituições de ensino superior.
Objeto

Técnicas de pesquisa de mercado.
Sujeito e Objeto delimitado

Técnicas de pesquisa de mercado aplicáveis a instituições de ensino superior.
Título de Monografia

As técnicas de pesquisas de mercado aplicáveis as instituições de ensino superior: um estudo de caso da Faculdade de Administração Beta.
Tipo de Monografia
( ) Análise teórica ( ) Análise teórico-empírica ( x ) Estudo de caso

 

Veja também Modelos para Baixar, Clique Aqui

<< Voltar

   
 
TRABALHOS E MONOGRAFIAS
Todos os Direitos Reservados ® 2014